Slackbuilds

Voltando a vida e voltando à antiga escola, mandei o Ubuntu praquele lugar (não que eu não tenha gostado, mas apenas não atendia mais minhas necessidades), e voltei ao bom e velho Slackware. Para quem não conhece o Slackware é a distribuição mais antiga de Linux, que ainda é mantida. Isso significa fazer as coisas na unha, na raça certo? Bem, mais ou menos.
Existe uma coisa chamada Slackbuilds, no Slackware você faz a instalação de programas de duas formas, ou baixa os pré-reqs, compila, instala, baixa o fonte do programa, compila e instala, ou usa o sistema de pacotes do Slackware, sim, ele existe! O sistema de pacotes do Slackware é simples e funciona (tudo parte da filosofia KISS), portanto, ele não vai checar se o pacote possui pré-requisitos. Pode se falar que o Slackware é a distribuição Linux mais parecida com o UNIX, e a filosofia do UNIX sempre foi “você sabe o que faz!”, esse é um dos motivos do sistema de pacotes do Slackware não checar pré-reqs e instalar automáticamente (como faz um apt-get da vida).
Mas, voltando aos Slackbuilds, os Slackbuilds são uma coleção de scripts fantásticos para criar os pacotes de Slackware. Pode-se falar que os Slackbuilds seriam o mais perto de um “repositório” que o Slackware oferece, seu funcionamento é muito simples:

  1. Faça uma busca sobre o que você quer instalar na página do Slackbuilds.
  2. Leia.
  3. Baixe o script de Slackbuild, mais o código fonte do programa.
  4. Descompacte o script do Slackbuild e mova o arquivo contendo o código fonte do programa para a pasta do Slackbuild.
  5. Rode como root o script Slackbuild.
  6. Se tudo der certo, você ficará com um arquivo .tgz no seu diretório /tmp (padrão), com o pacote do seu Slackbuild, guarde-o e utilize em uma reinstalação.

E se der errado? Bom, ai é contigo ver o erro e filtrar, você está na realidade compilando o programa do código fonte e hey, Slackware não é uma distribuição para iniciantes (pelo menos atualmente, já que antigamente tinha apenas Slackware, Debian e depois veio RedHat).

Essa é uma dica rápida e indolor ;).

Abraços.

Zarnick

About Zarnick

Programer, sysadmin, guitarrist, and Italian. That's what I am. Plain simple.
OpenSource, Stuffs, Tips , , , ,